Afinal, o que é glúten?

Nos últimos anos, o glúten vem se tornando uma substância bem famosa e levando a culpa pelo ganho de peso e pelo mal-estar intestinal de muita gente. Apesar de toda essa fama, muitas pessoas não entendem muito bem o que é glúten, como ele age no nosso organismo e quais são os benefícios e malefícios de uma dieta livre dele.

Afinal, o que é glúten?
O glúten é um tipo de proteína presente em alguns cereais, como o trigo, o centeio, o malte e a cevada. Na verdade, um conjunto delas. O glúten é a combinação de dois grupos de proteínas: a gliadina e a glutenina, encontradas dentro de grãos de trigo, cevada e centeio – mais precisamente no endosperma, a reserva nutritiva do embrião da planta.

Quais alimentos possuem glúten?

Todo alimento produzido com o uso de farinha de trigo, cevada, malte ou centeio — incluindo bolos, biscoitos, pães, torradas, massa de pizza, macarrão e cerveja — contém glúten. A lista é bastante extensa. Veja outros alimentos que (geralmente) fazem parte do grupo:

  • temperos industrializados;
  • queijos;
  • molhos (maioneses, ketchup, shoyo);
  • alguns remédios.

Quais alimentos não possuem glúten?
Naturalmente frutas, verduras, arroz, milho, batata, mandioca (aipim), carnes e peixes, açúcar, chocolate, gelatina, sal, óleos e gorduras em geral não possuem glúten. Entretanto, todos esses alimentos e os alimentos produzidos com esses ingredientes podem conter glúten por contaminação cruzada.

Quando é necessário adotar uma dieta restritiva de glúten?

A dieta restritiva, ou seja, que elimina totalmente o glúten da alimentação, só é necessária para quem apresenta algum tipo de reação ao seu consumo, tais como: pessoas com doença celíaca (DC) ou pessoas com intolerância ao glúten.

Pessoas que não apresentam doença celíaca ou intolerância, não precisam retirar o glúten da dieta, pois a restrição não está associada a nenhuma beneficio a saúde de acordo com estudos. Ainda, por se tratar de cereais (alimentos fonte de fibras) é necessário a compensar essa ausência de fibras por alimentos como, legumes, vegetais e frutas.

 

Gostou dessa matéria? Então confira outras matérias que separamos para você.

Você sabe o que é sincope?
Gota: da prevenção ao tratamento
Pé Diabético: sintomas, tratamentos e como evitar
Precisamos falar sobre ansiedade

Marque sua consulta