00

Você sabe o que é sincope?

Desmaio, ou síncope, é a perda abrupta e transitória da consciência e do tônus postural (da capacidade de ficar em pé), seguida de recuperação rápida e completa.

Na maior parte dos casos, os desmaios ocorrem por causa da diminuição do fluxo sanguíneo no cérebro. De modo geral, costumam ser de curta duração e bom prognóstico. Trata-se de um evento clínico comum, que atinge mais as pessoas idosas, os portadores de cardiopatias e as mulheres jovens.

Existe alta prevalência entre os 10 e os 30 anos de idade, sendo que o pico de incidência ocorre aos 15 anos, em 47% das mulheres e em 31% dos homens. A síncope reflexa é a forma mais comum , seguida daquela secundária a problemas cardiovasculares. Os principais tipos de Sincope (desmaios) são: Cardíaca, Cardiovascular e Vasovagal.

Causas

O desmaio em si não é uma doença, mas pode ser manifestação de inúmeras alterações orgânicas, tais como:
– Doenças cardiovasculares: arritmias, distúrbios hemodinâmicos, paradas cardiorrespiratórias, porque comprometem o fluxo normal do sangue para os tecidos, em especial para o cérebro;
– Distúrbios metabólicos: hipoglicemia (falta de açúcar no sangue causada por jejum prolongado ou diabetes descompensado), anemia intensa, hemorragias, desidratação e desequilíbrio na composição dos sais minerais da corrente sanguínea;
– Uso de medicações: diversos medicamentos, entre eles os diuréticos, podem provocar desmaios, quando usados em doses mais altas;
– Hipotensão ortostática: a queda brusca da pressão arterial provocada pela mudança repentina de posição (a pessoa estava sentada ou deitada e fica em  pé de repente). A hipotensão ortostática frequentemente está associada à desidratação, ao uso de diuréticos a aos distúrbios cardiovasculares;
– Outras causas: cansaço extremo, emoções súbita, nervosismo intenso, dores fortes e permanência prolongada em lugares fechados e quentes.

Sintomas
A síncope vasovagal geralmente é precedida por pródromos (enjoo, mal-estar, palidez, sudorese, calor, visão embaçada, desequilíbrio). Já os desmaios de causa cardíaca não apresentam pródromos e podem ser precedidos por palpitações. Os sintomas mais comuns são:
Palidez;
Fraqueza;
Suor frio;
Náusea;
Ânsia de vômito;
Pulso fraco;
Tontura;
Visão turva;
Pressão arterial baixa;
Respiração lenta.

Toda a pessoa que sofreu um desmaio, por mais rápido e aparentemente inofensivo que seja, deve ser levada a um hospital para avaliação o mais depressa possível.

 

Gostou dessa matéria? Então confira outras matérias que separamos para você.

Gota: da prevenção ao tratamento
Pé Diabético: sintomas, tratamentos e como evitar
Precisamos falar sobre ansiedade
Sinusite: o que é, causas e sintomas

Marque sua consulta