Em virtude do plano de restruturação temos plena confiança que poderemos receber médicos e pacientes com todo conforto e segurança que uma unidade hospitalar requer.

Uma instituição de fácil acesso e trânsito, comprometida com a qualidade e segurança, sob um agressivo plano de modernização, é o que você, médico assistente, vai encontrar no Hospital São Matheus hoje.

Nosso centro cirúrgico está reestruturado para um atendimento de excelência, com equipamentos novos e fluxos operacionais para permitir a agilidade que você deseja.

O telefone do centro cirúrgico é: (21) 3257-2535.

Ligue e venha nos conhecer!

hsm-medicos

CONFORTO E ESPAÇO MÉDICO

Localizado no Centro Cirúrgico, tem como objetivo facilitar o dia a dia das equipes médicas e trazer conforto após um longo período de trabalho e cirurgias. O espaço dispõe de área de descanso, TV, serviço de lanche 24 horas, computador com internet, Wi-fi e impressora à disposição dos médicos.

PROTOCOLOS ASSISTENCIAIS

O Hospital São Matheus aplica Protocolos Assistenciais com o objetivo de melhorar os desfechos clínicos e permitir maior conhecimento científico sobre as melhores práticas em saúde.

Os protocolos e fluxogramas de atendimento são formulados a partir de evidências científicas da literatura médica e são adaptados à realidade do nosso corpo clínico e instalações.

Metas:

  • Assistência médica baseada nas melhores práticas clínicas.
  • Otimizar os recursos disponíveis.
  • Medir e avaliar os resultados obtidos junto aos pacientes a partir das condutas
  • Utilizar os protocolos assistenciais como ferramenta de melhoria da qualidade assistencial

Protocolo AVC

O AVC – Acidente Vascular Cerebral – é a principal causa de morte no Brasil. A aplicação de protocolos de atendimento eleva muito a qualidade do cuidado ao paciente acometido por um AVC. Hoje, os tratamentos com maior nível de evidência científica são o uso de trombolítico e a internação em unidades especializadas. O paciente que chega ao serviço de Emergência 24h é avaliado quanto à instalação de sintomas neurológicos para elegibilidade de tratamento trombolítico.

Protocolo Sepse

A sepse, também conhecida como infecção generalizada é uma doença de alta incidência e mortalidade na população, sendo uma das principais causas de internação nas unidades de terapia intensiva.

Uma inflamação generalizada e excessiva pode comprometer o funcionamento de vários dos órgãos e, eventualmente, evoluir para disfunção ou falência de múltiplos órgãos.

Se não for diagnosticada e tratada precocemente a sepse apresenta uma alta mortalidade. O Instituto Latino Americano da Sepse apontou mostram que a mortalidade no Brasil, nos casos mais graves da doença, é de 46%.

O diagnostico é realizado pelo exame clínico, exames laboratoriais e de imagem. Sintomas principais incluem: febre ou hipotermia, confusão mental ou alteração do nível de consciência, diminuição do volume urinário, falta de ar, hipotensão e taquicardia.

As primeiras horas do tratamento são as mais importantes nos casos mais graves. Iniciar precocemente o tratamento com antibióticos, hidratação venosa, monitorização contínua e avaliação de exames laboratoriais são medidas fundamentais para a boa evolução da doença.

O Hospital São Matheus tem um protocolo que objetiva o diagnóstico e o tratamento precoce dos quadros de sepse.

Protocolo de Dor Torácica

Diversos problemas e condições podem manifestar dor torácica sendo muito importante identificar as situações que oferecem risco de morte. A SCA – Síndrome Coronária Aguda – representa 1/5 das causas de dor torácica e possui significativa morbi-mortalidade.

O protocolo existe para avaliar pacientes com queixas de dor torácica aguda e sintomas compatíveis com infarto. O acompanhamento é fundamental pois existem casos onde o quadro clínico inicial e o eletrocardiograma (ECG) de admissão podem estar inalterados.