Hidratação: conheça os sinais de que você bebe pouca água

A água é o principal componente de nossos órgãos vitais como o cérebro, fígado ou coração. De modo similar, os ossos e até mesmo o espaço entre as células, contém uma alta proporção deste líquido vital.

Sua absorção no corpo otimiza a circulação, melhora o processo de oxigenação celular e ajuda a manter os tecidos em boas condições.

Além disso, é essencial para os processos de desintoxicação que os sistemas excretores do corpo desempenham, já que se une aos rejeitos para facilitar sua eliminação.

O consumo diário de água é um dos hábitos saudáveis que todas as pessoas deveriam adicionar em suas rotinas. Especialistas afirmam que para evitar problemas de saúde e manter a hidratação, é fundamental beber entre 6 e 8 copos de água por dia, mas você saberia identificar os sinais de que você bebe pouca água?

Sensação de boca seca
Um sintoma que é mais evidente que as suas consequências. Claro que quase sempre tentamos beber algum líquido quando sentimos a boca seca, mas isso resolve temporariamente o problema. A água potável lubrifica as mucosas da boca e da garganta, deixando a área úmida, como sempre deve estar.

Pele seca
A pele é o maior órgão do corpo. Ela deve ser ‘molhada’ com frequência. A pele seca é um dos primeiros sinais de desidratação, que pode trazer consequências mais sérias. A falta de água significa, também, falta de suor, o que se reflete na impossibilidade de o organismo limpar impurezas (sem falar na urina). Sua escassez também impede o corpo de eliminar o excesso de gordura. Resolva tudo isso: tome água.

Muita sede
Não é o mesmo que ter a boca seca. Qualquer pessoa que já teve ressaca conhece essa sensação. O álcool desidrata o corpo, fazendo com que o cérebro envie sinais de alerta. Escute o seu corpo, ele sabe o que é necessário.

Olhos secos
Um dos sinais da falta de água no organismo são olhos vermelhos (outra vez: lembre-se da sua última ressaca). Sem a quantidade necessária de água, os canais lacrimais secam, o que pode afetar os olhos, ainda mais para quem usa lentes de contato

Dor nas articulações
As articulações e os discos cartilaginosos são compostos de 80% de água. Por isso, é necessário beber água, para não prejudicar os ossos. Ao manter a hidratação, as articulações aguentam movimentos repetitivos e/ou fortes, como corrida ou quando caímos.

Diminuição da massa muscular
Os músculos também são compostos de água. Beber água antes, durante e depois de fazer exercícios é muito importante para se sentir bem e reduzir a probabilidade de inflamações e dores.

Ficar mais tempo doente que os outros
A água ajuda a eliminar as toxinas. Os órgãos trabalham como um só na hora de filtrar o que não precisam. Sem água, esse mecanismo pode falhar. Ao sofrer desidratação, os órgãos começam a ‘chupar’ água do sangue, por exemplo, o que pode levar a uma longa lista de problemas.

Sensação de cansaço e sonolência
Quando o corpo começa a ‘emprestar’ água do sangue, falta oxigênio, o que leva à sensação de cansaço e sonolência. A cada dia você pode se sentir mais cansado e o café não é uma solução a médio ou longo prazos.

Sensação constante de fome
Pode parecer paradoxal, mas um organismo desidratado pode enviar sinais de fome. Isso acontece de repente, resultando naquela visita inesperada à geladeira. Isso não é difícil de entender, já que a comida contém líquido. Além disso, a água ajuda muito na digestão

Sintomas de envelhecimento precoce
A quantidade de água que nosso corpo consegue reter diminui com a idade. Quando envelhecemos, é necessário aumentar a ingestão de água. Mesmo que os sintomas do envelhecimento sejam maiores no exterior, a desidratação é muito prejudicial internamente no longo prazo. Para reduzir esses riscos, crie o hábito de tomar água desde jovem.

Marque sua consulta